sábado, 22 de dezembro de 2012

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

NOTÍCIAS DO QUIVUENGA/SONGO


DOENÇA DOS RIOS

23 Agentes da comuna do Quinvuenga (fica a 42 quilómetros a norte da vila do Songo), terminaram há dias uma ação de formação sobre a prevenção e tratamento da doença Oncocercose (doença dos rios),  que nos últimos anos tem sido negligenciada.
O chefe de Secção da Saúde Pública e Controlo de Endemias do Hospital Municipal do Songo, Baya Bernardo Teca, declarou à Angop que “o seminário dirigido aos agentes comunitários locais visou capacitá-los de como usar os fármacos que combatem a doença e o cuidado a ter para se evitar o contágio”.
Este quadro superior disse ainda: “que a oncocercose é tratada através de um fármaco denominado “Mectizan”, que serve igualmente como medicamento preventivo, assim como desparasitante, considerando ser perigosa a doença que tem sido negligenciada pela população por desconhecer as medidas de prevenção”.
No fim da formação procedeu-se à distribuição do “Mectizan” para a prevenção da doença. Estudos levados a cabo por especialistas de saúde indicam que ao nível do município do Songo existe apenas um caso detetado em laboratório.
A população do Songo é maioritariamente rural.
Fonte: ANGOP
Pintura: Neves de Sousa

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Os Songuenses a olharem mais longe



CONSTRUINDO O FUTURO

Segundo a ANGOP - Sessenta e um jovens terminaram quarta-feira, no Pavilhão de Artes e Ofícios na Vila de Songo, um curso profissional (de nove meses) nas áreas de carpintaria, eletricidade e mecânica. É desta forma que se vão formando os novos construtores desta terra cheia de potencialidades. 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

BILHETE POSTAL


O 3º PELOTÃO DA CART 6553
Todas as manhãs a Companhia formava na parada, para se apresentar ao seu Comandante.
Aqui o 3º pelotão enquadrado pelo Furriel Fernando Matos Silva (sem bigode), enquanto aguarda a chegada do Capitão Manuel (73/75 no Songo).