quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Notícias da MUCABA


02 Setembro de 2014
Afonso Luviluko, que falava no acto de encerramento da 4ª edição das festividades dos 43 anos da vila de Mucaba, afirmou que o progresso constitui um bem dos cidadãos, mas há necessidade do engajamento de todos para a concretização dos programas gizados para o bem-estar social da população.
Por outro lado, o responsável chamou a atenção da população, principalmente a juventude, para o facto do uso excessivo de bebidas alcoólicas que tem causado tantas desgraças nas estradas e a necessidade de respeito ao Código de Estrada.
Por sua vez a administradora municipal de Mucaba, Piedade Samuel Benze, reconheceu que a região que dirige está a conhecer passos significativos rumo ao progresso, fruto da implementação de programas de impacto social como o combate à fome e pobreza.
“O município possui várias potencialidades agrícolas, económicas e sociais. A agricultura constitui a base fundamental da vida da população, que  desenvolve a produção do café, banana, amendoim, batata-doce e rena, hortícolas e outros", frisou Piedade Benze, destacando as potencialidades da região.
A administradora do Mucaba aproveitou a oportunidade para lembrar que,  no âmbito do programa de combate à fome e pobreza, estão em construção cinco escolas nas localidades de Quitamba, Quiosso, Quinzala-novo, assim como a reabilitação de alguns postos de saúde.
Além destas infraestruturas, disse, estão em construção no município de Mucaba, residências sociais enquadradas no programa habitacional do governo, casas evolutivas, bem como a distribuição de água potável e fornecimento de energia eléctrica à população.
As festas da vila de Mucaba foram marcadas por sessões músico-culturais, actividades políticas e desportivas.
Fonte: ANGOP