domingo, 3 de junho de 2018

DINÂMICO TORRÃO LUSITÂNO

Um exemplar, orgulhoso, da miscigenação,
há 43 anos atrás, nas Quedas de Kalandula
Ultimamente, tenho-me surpreendido, quando deambulo pelas ruas do nosso país, ao ouvir tanta gente falar brasileiro! Não só gosto como fico feliz.

Há dias, enquanto lavava os dentes, ouvi um apresentador do jornal da RTP, da hora do almoço, referir-se a este assunto e pensei, isto é a concretização daquela frase, muito portuguesa, “os brasileiros são nossos irmãos” e, de facto, os nossos irmãos vivem connosco, mas alguns, bastantes, também andam pela diáspora.

Que bom seria se como escreveu Fernando Pessoa “Minha pátria é a língua portuguesa”, este geograficamente pequeno país, mas enorme no dizer do poeta, que é Portugal, fosse o território de todos os lusófonos – timorenses, moçambicanos, cabo-verdianos, brasileiros, angolanos, guineenses – que, connosco, querem/queiram partilhar a geografia deste espaço, aqui à beira mar plantado, no extremo sudoeste da Europa, o façam sendo todos iguais  e todos diferentes como os demais portugueses.

E ainda pensei mais (como é ousado o pensamento!): que o Estado Português podia pôr à disposição de famílias de agricultores da lusofonia, que queiram viver partilhando connosco o país, oferecendo-lhes as casas e terrenos que se encontram abandonados pelas aldeias e vilas deste torrão lusitano.

A miscigenação que este reencontro, agora, aqui, em Portugal, irá/está já a originar, fará de nós um povo melhor, geneticamente mais forte, logo mais dinâmico e o futuro só poderá ser inevitavelmente mais risonho.


quinta-feira, 24 de maio de 2018

CONVÍVIO DA CART 6553/73 DE 2018


CONVÍVIOS
É JÁ NO PRÓXIMO DIA 30 DE JUNHO!!!

Este ano VILA NOVA DE FOZ CÔA acolhe-nos por intermédio do seu dileto nativo e nosso camarada, Manarte.




A vinha, uma paisagem robusta e bela
Terra do Alto Douro Vinhateiro, do nordeste de Portugal, riquíssima região classificada pela UNESCO como Património da Humanidade desde 14 de dezembro de 2001.
Mas esta abençoada terra, para além do mais famoso vinho do mundo – o Porto – dá, ainda, os maduros de altíssima qualidade que por esse “excesso da natureza” como lhe chamou Miguel Torga – o Rio Douro – são bafejados e enriquecidos. Sendo só por si, os vinhos, uma marca cultural fortíssima, esta maravilhosa terra oferece-nos ainda as celebérrimas gravuras rupestres do Vale do Coa, datadas do Paleolítico Superior (22 000 – 10 000 a. C.), aqui deixadas pelos nossos antepassados – velhinhos!
E o que dizer do moderníssimo Centro de Alto Rendimento de Remo e Canoagem do Pocinho, galardoado por vários prémios e considerado do melhor que há a nível mundial.
O boi na pedra - gravura rupestre
Ah! Seria uma falta, gravíssima, não referir os vastíssimos montes cobertos por amendoeiras que, no tempo da floração, enchem os nossos olhos de emoção; e os extensos olivais que nos oferecem os finíssimos azeites. Porém, não posso terminar esta pequena resenha que aqui deixo com a ajuda da Wikipédia que consultei, sem um pequeno apontamento ao património edificado: a Igreja Matriz, construída no séc. XVI e o Pelourinho, constituindo, os dois monumentos, um belíssimo conjunto Manuelino; e o Pelourinho da Praça do Município que, se pensa, terá sido construído por volta do séc. XVIII.
Passemos agora a outro tipo de emoções, segundo o nosso anfitrião:
Uma paisagem bucólica
de cortar a respiração
Para os que viajam de comboio, este sai de Campanhã às 07h e 15m do dia 30 de junho, e chega ao Pocinho às 10h e 30m, só por si, esta viagem merece o passeio. O transporte do Pocinho para o centro de Foz Côa, será assegurado pelo Manarte.
Para os que viajam por meios próprios, o encontro será na Central de Camionagem de Foz Côa às 11h.

O repasto realizar-se-á no Museu do Côa e a ementa é a que se segue:

Entradas/vinho do porto
É, é desta raça que elas se fazem,
 as Postas Mirandesas!
Posta Mirandesa ou Bacalhau
Vinhos/cerveja
Café
Espumante e Bolo de aniversário 
Por último 25€

Há sempre a hipótese de uma surpresa!!!

Agora só faltas tu e quem queiras levar.
Até lá, um grande abraço.

PARA MAIS ESCLARECIMENTOS CONTACTA O MANARTE PELO 962648876 OU MAGALHÃES (do PORTO) 918863659
ou para mim 961029689 - sampaio.magalhaes@hotmail.com
Imagens da Internet

quarta-feira, 16 de maio de 2018

IMBECIS. INESPERADO? NÃO...

Imagem da Internet

Corei de vergonha ao ver as imagens que as televisões puseram no ar, nos telejornais da noite, no dia 15 de Maio 2018.
Nós, pais, temos de nos convencer, de uma vez por todas, que somos nós que temos de educar os nossos filhos. Os filhos são demasiado importantes para deixarmos esta nobre função - a educação - nas mãos de outras pessoas.
Os vergonhosos acontecimentos ocorridos na Academia do Sporting revelam, em primeiro lugar, que se tara de pessoas mal educadas, mal formadas e que, por via disso, se tornaram em vândalos e criminosos violentos.
Os comportamentos de vários dirigentes dos clubes de futebol, treinadores e comentadores do nosso país, há muito vinham indiciando que uma coisa destas, mais cedo ou mais tarde, pudesse vir a acontecer. Por isso,  não se diga, agora, que isto é inesperado ou que 'estamos' surpreendidos; pessoas, na sua maioria, com falta de educação, de caráter, de princípios, de ética e de moral; os dislates, para não dizer mais, destas pessoas, têm  sido de tal monta que o resultado induzido nas massas, só podia dar nisto.
Que estes tristes acontecimentos sirvam para se fazer nos clubes de futebol, o que se está a fazer nas matas do nosso país - limpeza - e que as autoridades não assobiem para o lado e atuem rapidamente com toda a força da Lei.
A nossa solidariedade e votos de rápidas melhoras para as vítimas e suas famílias de tão barbara brutalidade.

domingo, 13 de maio de 2018

NORTE/SUL - AS DUAS COREIAS

BANDEIRA DA PAZ
Quando dois líderes se sentam a uma mesa para conversarem e essa conversa versa sobre a paz, é tempo de alegria, porque os homens concluíram que a força das palavras é mais forte que a das armas. Rejubilemos.

Não importa agora saber se Moon Jae-in, da Coreia do Sul e Kim Jong-um, da Coreia do Norte, vão conseguir chegar a bom porto e, menos ainda, se há táticas políticas escondidas por detrás destas intenções; o que é realmente importante é todos ajudarmos e incentivarmos os dois estados, que há 65 anos andam desavindos e que, agora, neste tempo novo, decidem dialogar com vista a tomarem medidas de desanuviamento das tensões perigosas, regionais e mundiais. E qualquer coisa que se consiga, por mais pequena ou simbólica que seja, no sentido da PAZ, é bom.

Regozijemo-nos e demos os parabéns à(s) COREIA(S).

E não nos esqueçamos que o diálogo também se faz dialogando.
Imagem da Internet


terça-feira, 8 de maio de 2018

ONDE ESTRÁ A DIFERENÇA?!!!


Foto: Internet
Que algum alto doctus me explique onde está a diferença entre o que o ex-primeiro ministro do PS, eng. Sócrates, o ex-ministro do PS, dr. Mário Pinho, ah, e já agora, o ex-líder da bancada do PSD, dr. Duarte Lima, o ex- secretário de estado, do PSD, banqueiro, dr. José Oliveira e Costa, o ex-Ministro do PSD, Dr. Miguel Macedo e, a talhe de foice, o ex-procurador Orlando Figueira e o suspenso dr. juiz-desembargador, Rui Rangel, alegadamente, fizeram de diferente, que todos os deputados que, alegadamente, residindo em Lisboa, deram as moradas de outras habitações, para auferirem mais algum dinheiro do erário público? Eu sei, eu sei, que a lista é extensa, mas ainda há muitos outros de que a minha fraca memória já não se lembra e que andam por aí.

Bem sei, também, que não sou um às em matemática e, que, por isso mesmo, devo ter tropeçado na imensidão de zeros: uns, alegadamente, receberam milhões e, outros, milhares... Mas ética, moralmente e juridicamente, onde está a diferença? E, já agora, de onde saíram os euros que, alegadamente, estes ilustres senhores meteram aos bolsos? No meu fraco entender, penso que, direta ou indiretamente, da mesma bolsa, ou não?

A ser assim, não seria de todos eles estarem na mesma situação e sentarem-se no mesmo banco da justiça? Só pergunto para ver se entendo porque, ou há moral ou comem todos pela mesma medida, sim ou não?

Pois é, há ilustres cidadãos que, do alto da sua sapiência, esclarecem não haver ilegalidade alguma no que, pelo menos alguns deputados recebem, para além dos seus vencimentos... Mas pergunto: se um funcionário público, por processos ínvios - manhosos como estes - conseguir receber mais algum dos cofres do estado, o que é que lhe acontece?

A ética republicana grita bem alto contra este ESTADO de coisas, ou não, senhores ilustres doutos parlamentares?

É que já se ouve, em surdina, a voz do povo! Acautelai-vos ilustres, acautelai-vos...


terça-feira, 1 de maio de 2018

PESSOAL DA CART 6553/73, NO SONGO

 A RECORDAR (3)
Em primeiro plano os furriéis: Magalhães, Matos Silva e Cardoso, no unimog o pessoal da ferrugem e de transmissões que nos foram buscar.

No rosto, o sofrimento marcado por quatro dias de mato na Serra da Mucaba, às costas: um morto - da Companhia de Intervenção do Capitão Ferreira do Amaral. - O pessoal da FNLA deu-nos muito trabalho e dor naquela serra.


quinta-feira, 26 de abril de 2018

TRÊS VEZES NOJO

Sim, votei Sócrates duas vezes e prepunha-me voltar a fazê-lo, no caso de a justiça não provar as acusações que lhe faz.

Contudo, o meu  sentir agora é diferente, ao ver o conjunto de reportagens que a SIC pôs  no ar acerca da "OPERAÇÃO MARQUÊS, com início no jornal da noite, do dia 16/4/2018 (uma belíssima narrativa jornalística) e, nela, ao ouvir o ex-primeiro ministro dizer o que disse sobre a forma como a mãe lhe dava dinheiro (a ele "pobre"); como o amigo lhe emprestava tanto dinheiro (centenas de milhares de euros) e, como  ele - "pobre" - gastava rios de euros!...
Não sei se a justiça irá provar as acusações que lhe imputa, mas sei, isso sim, que o eng. Sócrates (por nos ter governado/desgovernado), só pelo que disse, acerca destas duas formas de auferir dinheiro, eticamente mete-me, não consigo arranjar outro substantivo (educado) para lhe imputar a não ser nojo.

Os jornalistas (que se arvoram em paladinos da liberdade), sabendo que ao publicarem estas imagens, estavam a infringir a Lei (crime segundo a Senhora Ministra da Justiça), atentando contra a Constituição da República, só posso dizer que me metem nojo.

A justiça que amiudadas vezes deixa, alegadamente, que fugas consideradas reservadas, ou em segredo de justiça, cheguem às mãos dos jornalistas, atentando contra a Constituição da República que devem defender e obedecer, mete-me nojo.

E, sim, nunca mais, em circunstância alguma, votarei neste senhor.



quinta-feira, 19 de abril de 2018

25 DE ABRIL 1974


E ASSIM, DE UMA ASSENTADA, SE ACABOU COM A DITADURA, A GUERRA COLONIAL E A COLONIZAÇÃO!


      HONRA AOS MILITARES DE ABRIL 
VIVA PORTUGAL 
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira                        
Grândola a tua vontade
                                                Zeca Afonso 



sábado, 14 de abril de 2018

PESSOAL DA CART 6553/73, NO SONGO

     
                                 A RECORDAR (2)


         












Gostava de legendar esta foto com os vossos nomes, mas infelizmente a memória já me vai pregando algumas partidas, só me lembro de dois - o Silva,  2º a contar da direita e o Alípio, 3º a contar da direita - as minhas desculpas e peço aos próprios ou a quem se lembrar deles que me enviem os respetivos nomes para eu os incluir.



NA ILHA - LUANDA
















Aqui, da esquerda para a direita: Matos Silva, Gomes, Magalhães e Arménio, sentado no colchão Oliveira e de pé o elegantíssimo Neves.
Tão sexys os rapazes, verdade?

quarta-feira, 28 de março de 2018

UM HOMEM QUE FOI JUSTO

Imagem da Internet
O nosso Mundo anda muito conturbado, o que não é novo, aliás, é tão velho como o homem: guerras, fome, pobreza, maus tratos, descriminações, enfim, o rol nunca mais acaba.
Contudo, parece-me que vai sendo tempo de o Homem acabar com estas misérias e, aproveitando esta quadra em que, grande parte do Mundo comemora a vida e paixão de Jesus Cristo - um HOMEM que foi justo, fez o bem e se compadeceu com os que sofriam ajudando-os - Que bom seria, independente da religião de cada um, se abríssemos o coração, meditássemos um pouquinho e nos oferecêssemos a nós próprios a oportunidade de O imitarmos, nesta vertente humana, e fizéssemos desta casa comum um habitat melhor para cada pessoa que somos, acabando com estes males.
Santa e feliz Páscoa para os crentes e Feliz Páscoa para todos.