segunda-feira, 4 de março de 2013

NOTÍCIAS DO SONGO

Uíge

Camponeses apostam na revitalização da produção do café no município do Songo.
 
Songo - Os cafeicultores do município do Songo, norte da cidade do Uíge, estão engajados no aumento da produção de café, com vista a sua revitalização nas próximas épocas agrícolas, informou hoje (sábado), à Angop, o chefe da brigada técnica local de café, Pedro Vita.
Segundo o responsável, a brigada é composta por mil e 78 produtores de café, que durante o ano transacto (2012) colheram cerca de 700 toneladas de café mabuba, que foi vendido a 40 kwanzas, o quilograma.
Pedro Vita deu a conhecer também que existe café por se comercializar nas regedorias de Denga e Kavunga, cultivados em 2012.
Informou também que durante o período em análise foram criados 60 viveiros de cafeeiros (alfobres) e semeadas cerca de 12 mil plantinhas de café cultivadas em diversas localidades onde há produtores de café.
O interlocutor frisou que a brigada técnica de café local distribuiu duas mil plantas de árvores frutíferas aos produtores da circunscrição, por formas a melhorar a dieta alimentar da população da região e enquadrou 40 jovens nesta actividade.
Lançou um apelou aos demais jovens para aderirem ao este projecto, por formas a se incrementar a produção do café e ultrapassar-se a colheita anterior.
 Depois de reconhecer a contribuição do café no desenvolvimento do país, e em particular da província do Uíge, aconselhou a trabalhar-se cada vez mais para o relançamento do café, incentivando os agricultores a se engajarem na concretização do desafio colocado a sua disposição.
 Além do café, Songo é uma região potencialmente agrícola e estão controladas, 22 associações de camponeses, envolvidas na produção de mandioca, amendoim, milho, banana, cana-de-açúcar, feijão, abacate, abacaxi, assim como na criação de gado bovino, caprino, ovino, suíno e na avicultura em pequena escala.
 O município do Songo situa-se a 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, possui uma comuna, a de Kinvuenga, 13 regedorias, 81 aldeias e uma população estimada em 44 mil habitantes, maioritariamente camponesa.
05-01-2013 20:14
Foto: Internet


1 comentário:

  1. A MeGaLOBO RACISMO? A violência do preconceito racial no Brasil personagem (Uma negra degradada pedinte com imagem horrenda destorcida e bosalizada é a Adelaide do Programa Zorra Total, Rede Globo do ator Rodrigo Sant’Anna? Ele para a Globo e aos judeus é engraçado, mas é desgraça para nós negros afros indígenas descendentes, se nossas crianças não tivessem sendo chamadas de Adelaidinha ou filha, neta e sobrinha da ADELAIDE no pior dos sentidos, é BULLIYING infeliz e cruel criado nos laboratórios racistas do PROJAC (abrev. de Projeto Jacarepaguá, como é conhecida a Central Globo de Produção) é o centro de produção da Rede Globo que é dominado pelos judeus Arnaldo Jabor,Carlos Sanderberg, Luciano Huck,Tiago Leifert, Pedro Bial, William Waack, William Bonner&Fatima Bernardes, Mônica Waldvogel ,Ernesto Paglial& Sandra Annenberg,Wolf Maya,Caio Blinder,Glenda Kozlowski, Daniel Filho e o poderoso Ali Kamel diretor chefe responsável e autor do livro Best seller o manual segregador (A Bíblia do racismo,que ironicamente tem por titulo NÃO SOMOS RACISTA baseado e num monte de inverdades e teses racistas contra os negros afro-decendentes brasileiros) E por Maurício Sherman Nisenbaum(que Grande Otelo, Jamelão e Luis Carlos da Vila chamavam o de racista porque este e o Judeu sionista racista Adolfo Block dono Manchete discriminavam os negros)responsável dirige o humorístico Zorra Total Foi o responsável pela criação do programa e dos programas infantis apresentados por Xuxa(Luciano Szafir) e Angélica(Luciano Hulk) ambas tendos seus filhos com judeus,apresentadoras descobertas e lançadas por ele no seu pré-conceitos de padrão de beleza e qualidade da Manchete TV dominada por judeus sionistas,este BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO que nem ADOLF HITLER fez aos judeus mas os judeu sionistas da TV GLOBO faz para a população negra afro-descendente brasileira isto ocorre em todo lugar do Brasil para nós não tem graça, esta desgraça de Humor,que humilha crianças é desumano para qualquer sexo, cor, raça, religião, nacionalidade etc.o pior de tudo esta degradação racista constrangedora cruel é patrocinada e apoiada por o Sr Ali KAMEL (marido da judia Patrícia Kogut jornalista do GLOBO que liderou dezenas de judeus artistas intelectuais e empresários dos 113 nomes(Contra as contra raciais) com o Senador DemóstenesTorres que foi cassado por corrupção) TV Globo esta mesma que fez anuncio constante do programa (27ª C.E. arrecada mais de R$ 10,milhões reais de CENTARROS para esmola da farsa e iludir enganando escondendo a divida ao BNDES de mais de 3 bilhões dollares dinheiro publico do Brasil ) que tem com o título ‘A Esperança é o que nos Move’, o show do “Criança Esperança” de 2012 celebrará a formação da identidade brasileira a partir da mistura de diferentes etnias) e comete o Genocídio racista imoral contra a maior parte do povo brasileiro é lamentável que os judeus se divirtam com humor e debochem do verdadeiro holocausto afro-indigena brasileiro é lamentavel que o Judeu Sergio Groisman em seu Programa Altas Horas e assim no Programa Encontro com a judia Fátima Bernardes riem e se divertem. (A atriz judia Samantha Schmütz em papel de criança no apoteótico deste estereótipo desleal e cruel se amedronta diante aquela mulher extremem ente feia) para nós negros afros brasileiros a Rede GLOBO promove incentivo preconceito raciais que humilha e choca o povo brasileiro. Organização Negra Nacional Quilombo – ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil quilombonnq@bol.com.br

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário: