sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Nostalgia


Esta foto mostra-nos o jardim (sala de visitas) de entrada no Songo a quem chega de Carmona, hoje Uíge. Está um pouco diferente, vemos equipamento social para crianças, o que é bom.
Recordo que no tempo em que por lá estive tinha mais verde. Ao fundo, do lado esquerdo vê-se o edifício da Secretaria da Administração bem conservado e mantem a mesma cor. Ao fundo e também do lado esquerdo vemos uma mancha verde: é uma frondosa mangueira que se encontra nos terrenos do quartel (julgo saber que ainda se mantém, embora um pouco abandonado), onde no início dos anos setenta, primeiro a ONZIMA e depois a Cart 6553/OS FANTASMAS vivemos. Por último vê-se em fundo a Serra do Uíge.
Perdoem-me a nostalgia, mas sinto saudades desta paisagem.



 Todos os que passamos pelo Songo nos lembramos deste Monumento, também ele bem conservado.

O mesmo Monumento, faltam algumas letras que reproduzimos: PIONEIROS




Quem se lembra desta casa? Eu, confesso, já não me recordo.





As fotas de cima foram tiradas recentemente pelo Ernesto – nascido no Songo a quem agradecemos a gentileza de as partilhar connosco.
No nosso tempo era assim




Cá está, mais verde, o Monumento e à esquerda, ao fundo, o edifício da Administração.






Este é o quartel e a mancha verde que se refere em cima são estas mangueira.
As duas fotos de baixo são do meu arquivo pessoal 73/75.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário: