terça-feira, 17 de novembro de 2009


NOTÍCIAS DO SONGO


Embora atrasada, esta é mais uma boa notícia para o Songo. Desta feita para a cultura dos songuenses. Parabéns.
_________________________________________
Um instituto pré-universitário, com capacidade para quatro mil e 608 alunos, está a ser construído no município do Songo, 40 quilómetros da sede capital da província do Uíge, no quadro de um programa que visa diminuir o número de jovens fora do sistema de ensino.
Localizado no bairro “4 de Fevereiro", o empreendimento começou a ser erguido em Novembro do ano passado e vai comportar 10 salas de aula, cada com capacidade para albergar 32 alunos, divididos em dois turnos. Consta igualmente do projecto a criação de uma sala de professores, cinco gabinetes, uma arrecadação, quatro balneários, uma sala de conferências com 100 cadeiras, área administrativa e uma quadra desportiva. Falando à Angop, o responsável pela empreitada, Muto Kiala, disse que a obra, que ocupa uma área de cerca de 500 metros quadrados, emprega 50 trabalhadores, na sua maioria jovens locais, e decorre a bom ritmo. Segundo ele, os trabalhos deverão estar concluídos até Maio deste ano, conforme previsto no acordo. Contactado a propósito, o administrador do Songo, Cristóvão Manuel Kiala, mostrou-se satisfeito com a construção do instituto, sublinhando que a sua entrada em funcionamento, no próximo ano lectivo, vai ajudar na diminuição do número de alunos fora do sistema de ensino. A sua edificação, de acordo com o interlocutor, está enquadrada no Programa de Investimentos Públicos 2007/2008. Ainda no quadro deste programa, está igualmente em curso na localidade a construção de 10 novas escolas do primeiro e segundo níveis, das quais seis na sede municipal e quatro na comuna de Kinvuenga. As obras de edificação das referidas escolas, todas com seis salas de aula, com capacidade para 32 alunos, cada, divididos em dois turnos, estão a cargo da construtora "Sicola". Empregam 120 trabalhadores e a sua conclusão está prevista para Maio próximo. Com 12 mil alunos matriculados neste ano lectivo, contra 10 mil do ano passado, o município do Songo conta com 53 escolas do primeiro e segundo níveis e um centro profissional. O número de professores controlados oficialmente é de 726. Situada entra as serras do Uíge e Mucaba, o município do Songo conta com uma população estimada em 65 mil habitantes, espalhada em duas comunas, nomeadamente Songo (sede) e Kinvuenga. A localidade possui dois mil quilómetros quadrados.
Fonte: Jornal de Angola, 20 de Fevereiro de 2008

6 comentários:

  1. É com muito orgulho e saudades que vejo pela 1ª vez alguém falar do Songo,terra da minha família
    Figueiredo,bons e velhos tempos...eu sou a carlita a filha da Maria José Figueiredo...e viva o Uíge,com Songo no coração...

    ResponderEliminar
  2. Bom ,cá digo o mesmo Carlita ,meus pais eram do Songo de onde fomos arrancados com muita dor,eu tinha uns 7 anos e minha irmã 11 anos,somos filhos de Guilherme da Cruz e Didia Rosa ,tinhamos uma loja de miudesas e aviamentos em geral .Espero um dia regressar.
    Gostava de ver fotos recentes de lá.abraços

    ResponderEliminar
  3. Caro Toni
    Envie p.f. o seu end. de email para tozesongo@hotmail.com. Prometo-lhe enviar fotos do Songo assim que lá voltar, brevemente.
    A última visita que fiz foi na passada Quinta-Feira, dia 21 de Outubro. Vou lá com frequência.
    O nome de GUILHERME não me é desconhecido; no entanto, compreenda que são muitos anos e não nos lembramos de tudo e de todos. Corrija-me, se estiver errado: a casa do Sr. Guilherme situava-se na rua principal da Vila, numa esquina um pouco antes (e do mesmo lado) do antigo quartel militar. Acertei? Errei?
    Aguardo o seu contacto.
    Cumprimentos
    Antonio José Ferreira

    ResponderEliminar
  4. Olá. Dei por acaso com esta página. Adorei.
    Sou a Olga, irmã do Beto, filhos de Domingos Vieira e de Ausenda Vieira. Os meus pais tinham uma casa e comércio "casa barateiro" junto às bombas de gasolina do Sr. Parafuso e em frente do jardim. Desejo tudo de bom para todas as pessoas que agora habitam o "Songo" . Tenho saudades :)

    ResponderEliminar


  5. PENSO QUE O SR TEM TODA A RAZÃO ERA A SEGUIR Á MERCEARIA DO SR TOMÉ

    ResponderEliminar
  6. CONHECI O SR PARAFUSO, VIVIA AO FUNDO DO SONGO QUANDO SE IA PARA OQUIVUENGA

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário: